Inovar Pessoas


Inovar Pessoas


Inovar Pessoas

Vivemos na era das inovações, tecnologia e descobertas que veem virando nossa vida de cabeça para baixo e quebrando paradigmas.

A cada curto espaço de tempo, brotam avanços por todos os lados e sobre todas coisas possíveis. Variam de gadgets tecnológicos à novas formas de entender e expressar a sua percepção física e de gênero.


Ideia Inovar

Realmente muitas coisas. Mas grande parte desse frenesi todo acontece nos “canais” eletrônicos das mídias sociais ou nos aparelhos de celulares, tablets ou computadores. Pouco, disso tudo, vemos na prática, ali, no dia-a-dia do contato com as pessoas. Falta a fusão entre o Eu Virtual com o Eu Real.

Virtualmente somos todos descolados, ultra arrojados, repletos de opiniões e ideais e tudo mais. Mas na vida real buscamos nos encaixar na visão de um contexto social. E o contexto social não tem qualquer estrutura ou capacidade de aceitar as diferenças como um combustível para uma evolução do indivíduo.

Nos preocupamos demais com a vida do outro. Construímos nossas expectativas e esperanças demasiadamente sobre os ombros dos outros. Raramente percebemos que tudo somente depende de nós.

O nosso Eu Real não acompanha o nosso Eu Virtual. Somos antigos, cheios de regras, repletos de paradigmas, agarrados às tradições e a forma como tudo era ou deveria ser.

Somos assim. Usamos a religião, usamos os exageros, usamos a “moralidade”, usamos “o que é certo” e também usamos “o que é errado”. Usamos de tudo para justificar a nossa permanência no estado atual, da falta de tempo à pura descrença.....mas sonhamos com um futuro repleto de tudo aquilo que impedimos de acontecer.

O resultado disto é muito claro e percebemos em qualquer coisa: nos preconceitos raciais, religiosos, sociais e de gênero; na forma como dependemos do carro; na forma como a arquitetura ainda é feita; na forma como as relações trabalhistas são formadas; na forma como nos vestimos; e a lista não para.

Nossa vida virtual (ou imaginária para épocas antigas), nossos filmes do cinema, nossos livros de ficção...todos...todos já apontavam, no passado, que deveríamos estar vivendo um contexto muito mais avançado e evoluído...mas não, ainda não chegamos perto disso. O filme “De volta para o futuro” tinha me prometido que nos dias de hoje já teríamos carros voadores em nossas vidas...e cadê?!!!! Cadê o meu?!!

A verdade é que a lenta capacidade humana de abandonar velhos conceitos e buscar entender novas formas de aceitar, conviver e trabalhar com pessoas é o que impede o nosso avanço social.

O ser humano é o maior inimigo da inovação, pois ele teme perder o que já adquiriu, conhece e está inserido. Este senso e cultura do empreendedorismo apenas funciona quando se empreende e inova o ser humano que irá promover o desafio.


Pessoas Diferentes

Se não inovarmos as pessoas, de quê servirá inovações? Afinal, mentes quadradas não se beneficiam delas.

Infelizmente, a humanidade ainda se digladia discutindo as diferenças do ser humano e não percebem que a riqueza da humanidade está justamente na harmonia das diferenças.

Gosto muito desta frase de Albert Einstein que diz: “Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”.

Acredito na inovação de pessoas.

Maurício Aurvalle.

#LifeCoaching #Opinião #Comportamento #Pensamentos #Saúde #TextosMaurícioAurvalle #MaurícioAurvalle

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo